Pastoral Carcerária - 20 anos de Missão
Fotos
video

A Pastoral Carcerária da Diocese de Joinville realizou neste dia 7 de agosto a assembléia Diocesana e apresentação da nova coordenação. O evento aconteceu na Com.e Arca da Aliança, e foi presidida pelo Coord. Nacional da Pastoral Pe. Valdir João Silveira, concelebraram ainda Padre Ney Brasil que há 34 anos atua nesta pastoral, Padre Edson Viana coordenador da Comarca Sul, convidado para representar a diocese neste dia, no que foi muito atencioso e aceitou prontamente o convite, o Diac Ovino Jonk, Diac. Antonio J. dos Santos, Diac. Elias Dimas dos Santos, Diác. José Saramento, estavam presentes no evento outros integrantes do Regional Sul 4 da Past Carcerária, após a celebração eucarística os presentes participaram do almoço festivo em comemoração aos 20 anos da Pastoral e depois do almoço puderam assistir um vídeo preparado em homenagem a pastoral e várias apresentações culturais. As 15 horas foi servido um bolo comemorativo. “Estive preso e viestes me ver”. MT 25, 36

Mensagem de Dom Orlando Brands

Vocês, coordenadores e membros da Pastoral Carcerária de Joinville são um "grande tesouro" da Igreja. Sempre falo de vocês, recordando sua espiritualidade, coragem, competência e sabedoria. Sabem trabalhar com os encarcerados, com as autoridades policiais, com os advogados, com os familiares e com a comunidade. Além disso, vocês estão sempre em comunhão e comunicação com o Bispo Diocesano e o clero. Continuem assim, fortes, perseverantes, alegres e corajosos. Esta Pastoral engrandece a Igreja, colabora com o Bem das famílias e ajuda a construir a sociedade.

Sei de quanta paciência e perseverança vocês precisam. Sei também que as graças, os frutos, os resultados são altamente positivos. A todos meus parabéns, minha gratidão, minha consideração e minha benção.

Em Cristo,

Dom Orlando Brandes

Mensagem de Dom Irineu Roque Scherer

Queridos amigos da Pastoral Carcerária da Diocese de Joinville
Quero parabenizá-los pelos 20 anos de atuação e evangelização dos encarcerados, dos egressos e suas famílias, sobretudo pelo incansável trabalho voluntário e missionário para a recuperação e encaminhamento destes irmãos emarginalizados e oprimidos.
A Palavra de Cristo: “Estive preso e viestes me visitar” é a certeza da Sua presença em cada irmão e irmã que implora ajuda e proteção, cuidado e solidariedade. Vocês cuidam de pessoas humanas e todo ser humano é fundamentalmente bom e feito para a felicidade. Os nossos irmãos presos e encarcerados são pessoas remidas pelo sangue precioso de Jesus Cristo. Este sangue é o infinito amor do Pai e de Seu Filho Jesus por todos os homens. Ele oferece a maior alegria do mundo, que é a de saber amar e sentir-se amados. Ele infunde em nós a força do alto, necessária para mudar de vida.
Levem a estes irmãos e irmãs, em nome da Diocese, sempre uma palavra de esperança, que nos momentos de solidão e de tristeza, podem estar certos da presença de que o Pai comum está perto de cada um e que nele podem confiar e ter um encontro pessoal e filial.
Gostaria de poder fazer uma visita junto com vocês a todos os presídios da Diocese, no entanto, confio a cada um esta sublime missão. Sinto muito não poder participar deste evento, porém com certeza estarei presente espiritualmente e contem sempre com meu apoio e presença.
O Senhor abençoe vosso trabalho árduo, delicado, mas de tamanha importância. Exercei-o com amor a serviço de pessoas nossos irmãos.
Com vocês quero dizer: não ao desamor, à violência, ao mal; sim ao amor porque só o amor salva e constrói!
Com a minha Bênção de Pastor,
Dom Irineu Roque Scherer